Oficina de Surdez e Acessibilidade

CURSO GRATUITO - DESTINADO A OUVINTES

Sobre o evento

O mercado, cada vez mais competitivo, exige das empresas uma postura ética e transparente, não apenas com os colaboradores, mas, também, com a sociedade. Dentro desse contexto, as instituições precisam estar preparadas para incluir e integrar as Pessoas com Deficiência, em um ambiente acolhedor, justo e socialmente responsável.

Com o objetivo de mostrar que é possível a comunicação entre empresa e seus colaboradores surdos, além de apresentar de modo prático como se dá a inclusão com outros tipos de eficiência, o Cepro e o Centro de Educação para Surdos Rio Branco oferecem a Oficina de Surdez e Acessibilidade, com o patrocínio do Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana no Estado de São Paulo (Selur).


Público-alvo

Profissionais de RH, gestores e profissionais ouvintes envolvidos com a cultura surda e interessados em conhecer ferramentas para a comunicação entre ouvintes e surdos.


Conteúdo teórico

  • Diferenças entre surdos, deficientes auditivos e surdos-mudos
  • Uso de aparelho auditivo e implante coclear
  • Cultura surda, cultura ouvinte, relação surdo e ouvinte
  • Língua Brasileira de Sinais (Libras) e línguas de sinais do mundo
  • Línguas de sinais e orais, gestos e mímica
  • Leis de acessibilidade, direitos e deveres das pessoas com deficiência
  • Demanda para contratação de surdos
  • Comunicação entre surdos e ouvintes no ambiente de trabalho
  • Papel do intérprete (diferenças entre saber e interpretar a Libras)

Conteúdo prático

  • Alfabeto manual
  • Expressão facial e corporal, movimento e espaço na Libras
  • Vocabulário geral
  • Sinais pessoais (sinal próprio, chefe, colega), verbos, meses, semanas, dias do ano, alimentos, numerais, cores, animais, família, casa, sentimentos, entre outros
  • Vocabulário específico do mundo do trabalho